terça-feira, 5 de junho de 2012

segunda-feira, 4 de junho de 2012
Oficineiros participam de Programa de Rádio na Unama FM


Everton Saraiva apresentou programa ao lado de Priscilla Amaral

Oficineiros da turma de áudio participaram no último sábado, 02, ativamente no Programa de rádio Estação Direitos produzido pela Rádio Margarida, no estúdio da Unama FM.
Estudantes acompanharam o colega da turma, Everton Saraiva, que apresentou o programa junto com a jornalista e apresentadora do Programa, Priscilla Amaral.

Tranquilo, Everton, representou a turma

Convidados falam sobre consciência ambiental


Alunos participam do anúncio de vencedores de promoção

Estação Direitos veste a camisa para finalizar programa

Postado por Novas Práticas Educativas às 09:07 0 comentários
Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no Orkut
Exposição fotográfica, documentários e programa de rádio são amostras de encerramento de oficinas

Oficineiros apresentam produto fotográfico



O Projeto “Novas Práticas Educativas”, desenvolvido pela ONG Rádio Margarida, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (SEDUC) concluiu as atividades com as oficinas de áudio, vídeo e fotografia, na Escola Estadual Magalhães Barata, no bairro do Telégrafo, em Belém.

Diretor da Escola, Jerônimo Baia, parabeniza Projeto

Ao final das oficinas na última sexta-feira, 01, os estudantes puderam mostrar suas produções, que foram: documentários, uma exposição fotográfica e um programa de rádio.

Oficineiros de Vídeo (manhã)


Equipe da oficina de áudio



Estudantes da oficina de fotografia



José Arnaud, instrutor de roteiro de vídeo


Estudantes esperam momento de apresentação


Postado por Novas Práticas Educativas às 07:08 0 comentários
Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no Orkut
terça-feira, 29 de maio de 2012

Externas de gravação de vídeo



Romário Palheta,17, prepara a câmera para filmar

Na externa, os estudantes da Escola Magalhães Barata, desenvolvem suas habilidades no manuseio com os equipamentos.



A visita foi na Fundação Curro Velho, com a equipe que ficou de retratar o meio ambiente. Para isso, foram mostrados a diversidade cultural e artística proporcionada pelo Curro Velho, na qual, as variadas oficinas são ministradas naquele ambiente de profissionalização.


Oficina de papel reciclado



Materiais reciclados se tornam objetos artísticos





Oficina de objetos em papel




Equipe visita e coleta informações



Processo de reciclagem de papel



Oficina de Cerâmica



Gravação do vídeo de meio ambiente

Fundação Curro Velho – Situado no bairro do Telégrafo, às margens da Baia de Guajará, possibilita um excelente aproveitamento do seu entorno, com áreas de convivência e lazer, além de seus espaços internos, adequados à instalação de oficinas, anfiteatro, biblioteca, loja, etc...


Postado por Novas Práticas Educativas às 06:55 0 comentários
Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no Orkut
segunda-feira, 28 de maio de 2012
Edição de vídeo na prática




Oficineiros decupam vídeos produzidos durante a semana

Em círculo, os alunos, assistem nesta segunda-feira, 28, aos vídeos feitos por eles mesmos em um trabalho intenso durante a última semana. No processo, os estudantes protagonizaram papéis importantes: direção de imagem, entrevistadores, cinegrafistas.

Hoje eles aprendem a decupar os vídeos produzidos. Este processo requer atenção dos estudantes para discernir as diferentes imagens produzidas em todos os filmes, a fim de pŕe-selecionar somente as cenas importantes, para enfim chegar ao produto final que é o documentário.



Nesta fase da edição de vídeo serão descartadas cerca de 80% do que foi filmado. Ficará somente o que for mais interessante. Percebe-se ainda a importância da produção do roteiro, pois, o que foi elaborado inicialmente vai ganhando vida e conteúdo cinematográfico.




Postado por Novas Práticas Educativas às 06:55 0 comentários
Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no Orkut
sexta-feira, 25 de maio de 2012
Vídeo – Parte teórica inicia com noções sobre programa de edição

Os estudantes da Escola Magalhães Barata aprendem noções teóricas do programa francês de edição de vídeo Cinelerra. Quem entra em cena desta vez para ministrar a oficina é o arte educador, Reginaldo Teixeira, mais conhecido como RG.




RG ensina noções de edição de vídeo

De acordo com o instrutor, o programa de edição escolhido é próprio para sistemas operacionais livres, como o que está sendo usado pela Escola, o Línux. Com o Cinelerra, os vídeos podem ser capturados, editados, além da utilização de efeitos e mixagem de várias trilhas de áudio.

Fotos


Dinâmica de apresentação












Postado por Novas Práticas Educativas às 07:34 0 comentários
Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no Orkut
Oficineiros passam por processo de pauta, entrevista e gravação

Desde a última terça-feira, 22, os alunos da Escola Magalhães Barata estão no processo de elaboração do roteiro, parte da produção de vídeo que abrange outras produções, como pautas, marcação de entrevistas, externas e gravação. Neste último caso, os alunos contaram com poucos recursos, tais como, simples câmeras fotográficas digitais.

Instrutor do Curro Velho, Bruce Macedo, é entrevistado




Os oficineiros tiveram que contar com muita criatividade para o melhor enquadramento, foco e captura de áudio. O instrutor, José Arnaud, ensinou os alunos a utilizar o tripé ou os equipamentos disponíveis para um trabalho profissional.

Confira algumas fotos:


Fitas adesivas são usadas para prender a câmera ao tripé




Representante do Conselheiro tutelar é entrevistado






Postado por Novas Práticas Educativas às 07:04 0 comentários
Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no Orkut
segunda-feira, 14 de maio de 2012
Esquente os motores que já começou a oficina de vídeo
Saber produzir um vídeo de uma forma simples e rápida, além de despertar a curiosidade que os alunos possuem sobre essa forma de comunicar. Esse é o objetivo da iniciação a produção de vídeos que começou hoje, sob a apresentação do instrutor José Arnaud.
Muitos estudantes demonstraram interesse nessa mídia. É o caso do estudante Romário Palheta, de 17 anos. “Como trabalho na área do teatro há três anos sinto curiosidade em saber como as cenas são produzidas em uma tela”, disse.
O estudante Daniel Gomes disse que gosta de manusear eletrônicos e junto com o colega Romário produzem filmagens pequenas sobre o cenário escolar, via o telefone celular.
Arnaud fez uma breve introdução sobre o processo de captura de imagem, por meio da câmera escura, além dos quadros utilizados pioneiramente, no século XIX, pelos irmãos Lumiére. Comentou ainda as diferentes linguagens em vídeo, tais como, documentário, vídeos jornalísticos e publicitários.
Para deixar os oficineiros na vontade, o instrutor passou um pequeno documentário sobre cultura e regionalidade da Ilha do Marajó.

Um comentário:

Ronaldo Marcos de Lima Araujo disse...

Olá, socializamos a experiência de vocês no Portal Emdiálogo Universidade Federal Fluminense, que também é um excelente espaço virtual de diálogos sobre educação. http://www.emdialogo.uff.br.

Parabéns pela bela iniciativa de divulgação de suas práticas pedagógicas. Um exemplo a ser seguido.

Ronaldo Marcos- Gepte/UFPA.

5ª EDIÇÃO DO JORNAL ESCOLAR CONEXÃO MB